segunda-feira, 27 de julho de 2009

SERENATA


É serenata, meu amor.

Porque o tempo canta tudo

Cada ventania e cada sonho desejado

Cada rabisco pintado no muro.

Ah, meu amor, se toda essa hora fosse descaso.

Digo que perda de tempo foi nossa distância

Foram meus dedos que de tanto dedilhar ficaram calejados

Pra treinar uma canção para ficar na sua lembrança.

E se me diz que é papel de homem

serenatear pra as donzelas

Eu digo: meu bem, os tempos são outros!

Porque sou mulher cantando o amor

Bem aqui na sua janela!!

Um comentário:

  1. uau, que demais! e vou cobrar que você cante para mim... literealmente!

    ResponderExcluir

dreams....sweet dreams