segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Canto alegretense


video

Não me perguntes onde fica o Alegrete
Segue o rumo do teu próprio coração
Cruzarás pela estrada algum ginete
E ouvirás toque de gaita e violão
Prá quem chega de Rosário ao fim da tarde
Ou quem vem de Uruguaiana de manhã
Tem o sol como uma brasa que ainda arde
Mergulhado no Rio Ibirapuitã
Ouve o canto gauchesco e brasileiro
Desta terra que eu amei desde guri
Flor de tuna, camoatim de mel campeiro
Pedra moura das quebradas do Inhanduy
E na hora derradeira que eu mereça
Ver o sol alegretense entardecer
Como os potros vou virar minha cabeça
Para os pagos no momento de morrer
E nos olhos vou levar o encantamento
Desta terra que eu amei com devoção
Cada verso que eu componho é um pagamento
De uma dívida de amor e gratidão


***Essa música é porque estou morando no Sul...e porque estou adorando morar aqui...e pra mostrar como o gaúcho valoriza o que é do gaúcho, tendo uma identidade regional que nunca vi quando vivia em São Paulo.
E mesmo os paulistas achando o gaúcho arrogante e machista....eu nuca fui tão feliz como estou sendo aqui.


2 comentários:

  1. uau Laviolete, que linda declaração ao teu novo lar.
    e olha, eu até posso ser machista e arrogante, ou pelo menos ter fama de ser, como todo gaucho, mas na verdade, e tu já comprovaste isso, o que falam do pessoal daqui é por puro despeito de termos orgulho e sempre deixarmos bem claro que gostamos de ser do Sul.
    mas que foi uma linda declaração foi, e espero contribuir para que sempre sintas vontade (cada vez mais) de viver aqui.

    ResponderExcluir
  2. Laviolete...
    sou da opinião de que as pessoas devem sim dar valor à sua terra,respeitando sempre os costumes e tradições de outras..Um dia gostaria muito de visitar o Sul...é uma terra linda, assim como minha terra da Garoa e todo o Brasil afora.

    estou seguindo o teu blog.

    beijos

    ResponderExcluir

dreams....sweet dreams